beruby.com, o portal onde podes poupar!

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




#10

por Dany, em 28.12.10

E como convenço a minha querida mãe a deixar-me ir passar a passagem de Ano na Nazaré , como, como, como ?

Eu quero tanto , é que ainda por cima vai por lá andar o menino dos meus olhos ! +.+

publicado às 23:26

#9

por Dany, em 26.12.10

E lá fui eu de novo, brincar as familias felizes.

publicado às 02:11

#8

por Dany, em 19.12.10

Hoje fui ver a minha tia-avo, já não a via à tanto , tanto tempo. Quando a minha avo disse que ia vê-la disse logo que também ia e a minha irmã mais nova também quis ir. A tia-avo, Tia Maria, como lhe costuma-mos chamar, é a mais nova de todos os irmãos, e aquela que se encontra num estado mais acabado, acho que é esse o termo que se aplica à situação dela. Sempre gostei muito dela, era daquelas pessoas mais velhas que são simpáticas e estão sempre animadas, e hoje quando cheguei à porta dela, sentia-me a tremer por dentro. Entrei, atrás da minha avó e da minha tia-avo Natividade, e de mão dada com a minha irmã mais nova; já lá dentro, olho para todo o lado e mantêm-se tudo igual ao que estava, do que eu me lembro da minha infância, o cheiro continua exactamente o mesmo. Só a Tia Maria está diferente. Entramos no quarto dela, e ela sentada num cadeirão ao lado da cama, não se mexe, chama-mo-la ela não responde, chegamos mais perto ela abre os olhos mas mantêm-se em silêncio. Observo-a , olho em redor, mas não vejo nenhum sinal daquela senhora animada de outrora. Sentamo-nos na cama , e a minha irmã vêm logo para o meu colo, acho que ela também nao se sente à vontade ali , acho que ela sente o mesmo que eu, que a Tia está muito mal e que é triste ver alguém naquela situação. Olho para a tia, vejo-a com um gorro vermelho na cabeça, enrolada a um coberto verde na parte de cima e um castanho nas pernas, os dois grossos, e ainda assim oiço-a queixar-se com frio. A minha avo tenta falar com ela, mas quase grita para ela ouvir e ainda assim ela pouco ouve; tenta mostrar-lhe a minha irmã e perguntar-lhe quem é, mas ela não responde. Eu acho que ela olhou para mim, será que ainda sabe quem sou ? Olha mas não diz nada. Baixa o olhar, e mantêm-se calada. Eu juro, juro que por momentos lhe vi lágrimas a saírem daqueles olhos, mas não disse nada, as lágrimas estavam lá só não as via quem não queria. Tive de desviar os olhos, pus-me a mimar a minha irmã, para cortar aqueles sentimentos que estava a sentir. A minha irmã deu um beijo na tia, e eu de seguida dei-lhe outro; saímos daquela casa que ainda me tinha um cheiro tão familiar. Saí, mas acreditem ou não; tinha vontade de ali ficar, ficar por muito mais tempo.

publicado às 23:42

#7

por Dany, em 18.12.10

Se eu me pusser em cima de uma ponte e me mandar cá para baixo, alguém sentirá a minha falta ? NÃO

publicado às 13:03

#6

por Dany, em 15.12.10

Tive um dia cansativo a te dizer basta, tenho um trabalho para entregar amanhã que ainda mal está começado.

E o melhor nesta história, é que desde a ultima Sexta que só discuto com a minha mãe -.- Cheguei a casa na sexta bastante animada com a possibilidade de ir ter com o A. nessa noite, já não estou com ele á uns dois meses, teria de mudar o meu plano de fim de semana, e inventar mais uma desculpa para não ir para casa do meu pai. Mas a minha querida mãe, quando eu lhe peço para ir ter com ele, diz-me que não. E eu: "porque?" , ela: "tenho muita pena, mas tens sido muito mal educada, e estas de castigo,e só voltas a sair a noite quando tiveres positiva a tudo" , escusado será dizer que no preciso momento em que ela me disse isto desatei a chorar. Chorei tanto. Fui para o meu quarto, fiz a mala e saí. Ela sabe o quanto eu me tenho esforçado, tenho estudo tanto, tanto , mas mesmo assim não compreende, não se apercebe de nada. E lá fui eu fim-de-semana em casa do pai e apanhar uma enorme seca e domingo a noite, cheguei casa, dois minutos depois estava-mos a discutir. É normal?

publicado às 18:38

#5

por Dany, em 14.12.10

"Não desistas de mim não te percas agora não desistas de mim a noite ainda demora..." - A. não sei onde é que ele foi arranjar isto, mas a verdade é que adoro que me mande coisas destas :$

Tags:

publicado às 22:48

#3

por Dany, em 13.12.10

Com teste amanhã a economia A, apetece-me fazer tudo menos estudar -.-

Tags:

publicado às 16:31

#1

por Dany, em 12.12.10

" - Até Domingo mãe " , e com esta frase sei que vai começar mais um fim de semana de desespero. Não é que não goste do meu pai, e que não sinta saudades dele, porque sinto e muitas, sinto saudades dele e dos sorrisos que as minhas irmãs mais novas me põem na cara. Mas, já quase que venho aqui por obrigação, para não parecer mal.Porque de todos os lugares, este é o que menos me faz sentir em casa, tenho o meu quarto, mas nem o sinto "meu" , parece um quarto de visitas; venho para cá e passo todo o santo fim-de-semana fechada no quarto, sozinha ou com as minhas irmãs; ao jantar não tenho tema de conversa, porque ninguem nesta casa me conhece, não sabe os meus gostos e por incrivel que pareça acho que o meu próprio pai não sabe , nem em que ano , nem que área estou; não sabem com são os meus amigos; quais os meus interesses; as minhas perspectivas para depois do secundário; basicamente não sabem nada acerca de mim! E querem saber o que mais me choca ? É que também não querem saber !

publicado às 03:01


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D