beruby.com, o portal onde podes poupar!

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



13setembro

por Dany, em 15.09.14
Passaram-se quatro anos. Parecem tantos e ao mesmo tempo tão poucos. Crescemos tanto juntos, realizámos sonhos, construímos novos e deixa-mos outros tantos pelo caminho. Partilhamos o melhor da vida um do outro, estivemos no pior. E por mais diferenças e desavenças ficamos juntos, estamos juntos!
Foi o primeiro beijo, o primeiro momento e isso nunca se esquece. Obrigada, tu sabes!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 20:30

Não se pedincha um amor

por Dany, em 15.04.14

Estou com insónias, não paro de pensar em tudo aquilo que podia ter sido e não, no que ficou por dizer, por fazer, das promessas no ar, dos beijos prometidos, dos abraços esquecidos. Em cada despedida que em tempos já foi dolorosa e agora era apenas um depois falamos.

Não sou perfeita, sei que errei contigo muitas vezes, mais até do que tu próprio achas, porque para ti estava sempre tudo na boa, e sim eu adoro esse teu lado de deixa andar, deixa ir, logo se vê mas é esse mesmo lado que me deixava fula por tu nunca tomares uma posição, decisão ou o que quer que fosse. Sei que sentes saudades minhas, e eu estou aqui cheia de saudades tuas e a morrer por um abraço mas sinto que preciso de me afastar de ti e de nós ou pelo menos daquilo que ainda resta de nós. Não foram só as tuas meias palavras, a tua ausência, o nunca ser apresentada como namorada, a falta de surpresas, de carinho, de paixão, as minhas birras e as elevadas expetativas sobre tudo à minha volta que fez com que tudo o que tínhamos desmorona-se assim. Foi principalmente a insegurança que me provocas-te quando um dia numa estúpida brincadeira disseste a “alguém” que estavas solteiro, foi quando decides-te mudar o nome de uma tipa qualquer para “mãe” para poderes falar com ela à vontade quando mais tarde apagas conversas que eu já sabia que tinham existido. Podia não ser uma coisa do outro mundo, sempre disse para teres amigas e beca beca beca mas para não me esconderes nada, nunca, odeio que me mintam a partir do momento em que me começas a esconder coisas as minhas inseguranças aumentaram e obviamente que fiquei de pé atrás contigo. Até chegar a um ponto insustentável, de chamadas para ela quando acordavas e só depois te lembrares de mim, de chamadas para ela quando saias das aulas e só depois eu, as mensagens que sumiam sempre.

Sou eu que sou paranoica e ridícula no meio desta história? Eu estava a começar a pedinchar um amor, um amor pelo qual fui sempre a única a lutar, porque continuar a faze-lo quando ele estava mas longe do que perto…

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 02:50

por Dany, em 13.04.14

Depois de uma relação de quase quatro anos, hoje foi o fim. Não é falta de amor, não quero acreditar que o seja, mas é falta de muitas coisas e principalmente de confiança, custa, mas a verdade é que tudo aquilo que tem acontecido e que nós temos tentando dar a volta por cima esteve aos poucos a destruir a nossa relação, a destruir-me principalmente a mim por dentro. Não sei como será o futuro, sei que hoje amo-te mais até do que à não sei quantos anos, meses, dias, horas mas não posso permitir estar a sofrer desta maneira. Ontem despedimo-nos em lágrimas, um abraço e uma promessa no ar que ficariamos amigos, fui-me embora e não olhei para trás, não podia faze-lo para meu próprio bem. Agora é um novo começo, numa vida velha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:57

por Dany, em 20.01.13

Entre calculadora, folhas quadriculadas e também na companhia de Camões e a sua obra prima, intercalando uns e outros. Tem-se arranjado uns momentinhos para nós. Mas, posso referir a noite de ontem, como a noite que já não tínhamos a muito muito tempo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:11

Beijo na testa é sinal de respeito.

por Dany, em 01.10.12


Gosto de ti, é tão simples. É tão bom estar a teu lado, é bom poder partilhar toda a minha vida contigo. É bom abraçar-te e poder chorar no teu peito porque tenho a certeza que não me vais abandonar. Obrigada, sabes bem o valor que tens.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 00:06

A voar.

por Dany, em 16.08.12

O tempo passa tão rápido e à tanta mas tanta coisa que eu quero viver a teu lado. Eu tenho a certeza disso, cada vez mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:27

#29

por Dany, em 01.03.11

 

 

 

 

 

Pintar as unhas de vermelho, porque hoje estou feliz, estou realmente feliz  (:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:47

#13

por Dany, em 09.01.11

Estava desde ontem , à hora de almoço sem me mandar uma mensagem, fez-me uma pergunta e eu respondi-lhe e desde aí até à um quarto de hora nao me tinha dito mais nada. Tinha-lhe mandado uma mensagem ontem (ou hoje que já passava da meia noite) a agradecer o desprezo que me estava a dar e ele nada. Em todo o dia, nada. Jurei a mim própria que mesmo que ele me voltasse a enviar algo eu nao voltaria a responder e falhei , mais uma vez falhei !

Alexandre - beijinho.

 

Dany - (tentar resistir a responder, aguenta, aguenta , aguenta , não consegue :c)

:o

Obrigada , outro

 

Alexandre - Gorda dorme bem.

Faz de conta que te estou a aquecer os pés...

 

Dany -  (a minha tentativa de desprezo)

Tu tb.

Obrigada , mas tenho os pés quentes.

 

Alexandre - Ruim. Olha não disse nada porque fui buscar a minha prenda de natal... E estive a arranjar e como andei todo o dia contente.. desculpa ( Isto, da prenda de natal devem ter sido peças para a mota ou algo do genero)

 

Dany - Pois (, obrigadinha.)

Mas tb nãotens que me dar explicações.

 

Alexandre - Estás mesmo chateada comigo...

 

Dany - Apenas acho que me podias ter mandado uma simples mensagem.

 

(...)

 

 

E aqui estou eu mais uma vez agarradinha ao telemovel, e a sorrir só porque estou a falar com ele e sei que a qualquer momente ele me responde de volta. Sou mesmo, muito, fraca !

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:27

#11

por Dany, em 02.01.11

Somos amigos, não sei o que ele sente por mim, o que ele quer ou deixa de querer. Não sei nada. Mas sei que este foi mais uma daquelas poucas vezes que quando surgiu a ideia de estar-mos juntos fiquei logo a tremer, e quando se confirmou tremia da cabeça aos pés e estava nervosa tal como da primeira vez que ele me ligou para perguntar se queria ir ter com ele. É tão bom estar ali ao lado dele, ele contar-me tudo aquilo que pensa, as pessoas que critica , o que achou bem ou mal e eu a mexer-lhe no pescoço , e a responder somente com um sorriso ou com um acenar de cabeça . Foi bom , ele reparar que eu tinha uma camisola nova, reparar no meu creme das mãos e dizer que cheira bem, dizer que o meu perfume parecia que cheirava a ortela mas que nao tinha a certeza (mas não cheira ! ) mas que gostava do cheiro. Foi bom sentir, que ele gostava quando eu lhe dava aqueles beijinhos na cara. E foi bom eu deixar de pensar e começar só a deixar acontecer, e da próxima vez (que espero que seja em breve), vou simplesmente deixar acontecer logo de incio. E adoro, adoro a maneira como me abraças quando te apercebes que eu amuei.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:11

#5

por Dany, em 14.12.10

"Não desistas de mim não te percas agora não desistas de mim a noite ainda demora..." - A. não sei onde é que ele foi arranjar isto, mas a verdade é que adoro que me mande coisas destas :$

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:48


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D